Visita Casa de São Roque – com Arq. Domingos Tavares

 

15 Fevereiro 2020 – 15H00

 

ESGOTADA

NÃO SE ACEITAM MAIS INSCRIÇÕES 

 

casa sao roque

 

"A história da Casa São Roque (antiga Casa Ramos Pinto) remonta a 1759, altura em que, fazendo parte da Quinta da Lameira, funcionou como mansão e pavilhão de caça, como era típico na burguesia e nas famílias nobres do Porto (...) A Casa São Roque é hoje um exemplar marcante das casas da época no Porto, pela suas caraterísticas arquitetónicas e decorativas onde o seu jardim de inverno é um exemplar único." (in https://www.casasroque.art/pt/)

Arq. Domingos Tavares  casa sao roque - livro

"Construída junto à estrada de São Roque da Lameira, no lugar das Quintas de Campanhã, a Casa São Roque era uma construção simples de sobrado, de presença discreta, sólida e bem dimensionada, tomando vistas para sul." (trecho do livro Casa de São Roque: o gestor e o arquitecto - co-autor Arq. Domingos Tavares)

 

A AMAI tem o privilégio de conhecer uma das mais recentes brilhantes recontruções da cidade - a Casa de São Roque (ou Casa Ramos Pinto) pelo olhar do Arquiteto Domingos Tavares após o lançamento do livro, do qual é co-autor Casa de São Roque: o gestor e o arquitecto.

É pois uma visita única a esta "serena casa", na zona de Campanhã, exclusivamente planeada para a AMAI.

        

               Casa sao roque                Casa sao roque 1

                                                                                          Fotografias Casa de São Roque: https://www.casasroque.art/pt/

 

Ponto de Encontro: Entrada da Casa de São Roque (R. São Roque da Lameira 2092 Campanhã), às 14h45 

Associados AMAI: 10€

Não Associados: 12,5€

 
 

Inscrições até 08 de Fevereiro

A inscrição será considerada após confirmação por parte da AMAI para geral@amaieurope.org e respectivo pagamento para NIB 00 10 0000 48700140001 15 (BPI)

Os associados terão prioridade; depois é seguida a ordem de inscrição.

Outras informações: Tel. 91 7579740

 

Notas de consentimento:

- ao inscrever-se neste evento, os dados pessoais fornecidos pelos participantes só serão utilizados pela AMAI e não serão partilhados com terceiros, a não ser a Companhia Seguradora (no caso de se aplicar) ou, se para outros fins, com a autorização dos próprios. Os dados pessoais só serão armazenados pela AMAI para uso da mesma e eventos próprios.

- as fotografias tiradas pela AMAI ou partilhadas com a mesma, pelos participantes poderão ser usadas exclusivamente pela AMAI,  para divulgação desse mesmo evento ou promoção de outros.